ALGODÃO: Preços seguem renovando as máximas nominais

Os preços do algodão seguem em alta no Brasil, renovando os patamares máximos nominais da série histórica do Cepea, tendo como suporte a paridade de exportação. Segundo pesquisadores do Cepea, mesmo diante dos recordes nominais no Brasil, os valores da pluma para exportação ainda estão acima dos registrados no mercado doméstico, o que leva vendedores a permanecerem firmes nos preços pedidos para novas negociações.

Do lado comprador, parte das indústrias se mantém recuada, trabalhando com a matéria-prima já contratada e/ou em estoque. Mas as unidades que necessitam repor estoques acabam cedendo nos valores pagos para conseguir efetivar novas aquisições. No acumulado da parcial de novembro (até o dia 23), o Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma registra elevação de 4,6%, fechando a R$ 6,2226/lp na terça-feira, 23. 

Fonte: Cepea .

Últimas Notícias
Veja mais notícias