“Operação Enem 2021” segue esquema de segurança na 2ª fase do Exame Nacional de Ensino Médio que acontece domingo, 28

No próximo domingo (28), acontece a 2ª fase da “Operação Enem 2021” e vai seguir todo o esquema de segurança desenvolvido pela Secretaria e Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) para evitar qualquer imprevisto durante a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Rondônia.

Na 1ª fase do Enem, no Estado, as tratativas do evento começaram em setembro; na Sesdec, a Gerência de Integração de Segurança e Fronteira (GISF) começou a receber informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no decorrer do ano. Os servidores da GISF participaram de diversas reuniões fora do Estado para alinhamento das atividades operacionais em Rondônia.

As provas do Enem chegaram no dia 5 de novembro e foram armazenadas no 5° Batalhão de Engenharia e Construção do Exército (BEC). A distribuição para os municípios, ocorreu no dia que antecede a realização das provas para que os malotes chegassem com toda segurança e sem contratempos. Na Capital, a distribuição foi pela manhã em que ocorreu a aplicação das provas.

“Esse ano, em Rondônia foram cerca de 28 mil alunos divididos em 95 escolas e universidades. A palavra que define a organização da segurança do Enem é a integração entre as forças. Todas elas atuam unidas para que nenhum problema possa trazer transtornos à realização do evento”, explicou o gerente da GISF, coronel PM Davi Moroni de Souza. 

O secretário da Sesdec, José Hélio Cysneiros Pachá, disse que com a inauguração do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), toda a “Operação Enem 2021” está concentrada na nova sala de crises. “A 1ª fase do Enem, este ano foi toda monitorada na sala de crises. As equipes acompanharam cada passo para que tudo ocorra como planejado. Os representantes das instituições envolvidas, sob a coordenação da GISF monitoram todo o processo de atuação integrada das instituições e dos órgãos, adotando as medidas necessárias para prover a segurança e o uso dos meios necessários para a realização do exame”.

PLANEJAMENTO

O Inep é o responsável pelo planejamento, organização e aplicação do Enem e a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública em promover o planejamento, coordenação e o monitoramento integrado, em âmbito nacional, da operação de segurança do evento, pelo Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília.

Em nível estadual, a Sesdec é responsável pelo planejamento, coordenação, e execução integrada das atividades operacionais, pelos órgãos vinculados, como a Polícia Militar de Rondônia (PMRO), a Polícia Civil (PC), a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (Politec) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM), com a participação de outras agências afins à operação.

Após elaborado pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Governo Federal, o plano estratégico de atuação integrada do Enem é enviado aos Estados. Em Rondônia, a Sesdec também ficou encarregada de elaborar o plano de policiamento e os protocolos de atuação integrada, os quais são enviados às forças estaduais para que elaborem seus planos operacionais para a execução das atribuições.

A PM é a responsável pela escolta das provas às escolas e pela garantia da segurança nos locais de aplicação dos exames. Já a Polícia Civil, a Politec e o Corpo de Bombeiros ficam com os efetivos em condições de sobreaviso, visando atender ou reforçar o efetivo se necessário, diante de qualquer eventualidade.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia .

Últimas Notícias
Veja mais notícias